Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você concorda e aceita nossa Política de Privacidade.

Se preferir, informe quais cookies você permite utilizarmos clicando aqui.

Política de Cookies

Cookies são arquivos que auxiliam no reconhecimento do seu acesso ao site. Para personalizar e melhorar sua experiência, sugerir conteúdos de acordo com seu perfil, e facilitando a navegação de forma segura. Abaixo, temos a descrição de quais são os tipos de Cookies que usamos . Caso tenha dúvidas, acesse a nossa Política de Privacidade.

Tipos de Cookies que usamos

Essenciais

Estes cookies são imprescindíveis para a operação do site. A opção de usá-los vem selecionada por padrão, pois sem eles, a navegação fica comprometida e você não consegue aproveitar algumas funcionalidades básicas que o nosso site oferece.

Escola Aberta do Terceiro Setor

Cursos

Blog

Link copiado para área de transferência

Para fazer essa ação você precisar estar logado na plataforma.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e as diretrizes em ESG (Environmental/Ambiental, Social e Governança) são conceitos que estão cada vez mais relacionados. Os ODS são um conjunto de 17 Objetivos Globais definidos pela ONU para serem alcançados até 2030. O ESG é uma abordagem de investimento que considera fatores ambientais, sociais e de governança na avaliação do desempenho de uma organização.

As organizações que adotam práticas ESG têm maior probabilidade de contribuir para o alcance dos ODS. Isso ocorre porque as práticas ESG estão alinhadas com os princípios de sustentabilidade que os ODS promovem. Por exemplo, uma instituição que adota práticas de redução de emissões de gases de efeito estufa está contribuindo para o Objetivo 13 dos ODS, que visa combater as mudanças climáticas. Uma outra organização que adota práticas de diversidade e inclusão está contribuindo para o Objetivo 5, que visa alcançar a igualdade de gênero.

A adoção de práticas ESG pode trazer diversos benefícios, como:

Melhoria da reputação: As empresas que adotam práticas ESG são vistas como mais responsáveis e comprometidas com o desenvolvimento sustentável. Isso pode levar a uma melhoria da reputação da empresa, o que pode resultar em aumento das vendas, atração de investidores e melhoria do relacionamento com os stakeholders.
Redução de riscos: Quem adota práticas ESG está menos exposto a riscos relacionados à sustentabilidade, como riscos ambientais, sociais e de governança. Isso pode levar a uma redução dos custos, o que pode melhorar a sua rentabilidade.
Criação de valor compartilhado: Quem adota práticas ESG pode criar valor compartilhado para a sociedade. Isso ocorre porque as práticas ESG podem gerar benefícios para a sociedade, como a redução da poluição, a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores e a promoção da igualdade.

Logo, os ODS e o ESG são complementares e estão cada vez mais relevantes para a sociedade de maneira local e global, para a promoção do desenvolvimento sustentável.

A Escola Aberta do Terceiro Setor, com apoio da Associação Brasileira de Profissionais de Sustentabilidade, Abraps, e o Movimento Bem Maior, estão preparando um curso on-line e gratuito especialmente sobre o tema ODS e ESG. Em breve teremos novidades. Fique atento!