Pesquisa pretende mapear proteção de dados dentro do Terceiro Setor

Com apoio da Atados e da Social Good Brasil, cientista de dados está promovendo pesquisa para compreender nível de conhecimento das OSCs sobre Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD)

por Artur Ferreira


O cientista de dados Jérémie Dron está produzindo a pesquisa ‘Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e Terceiro Setor. O estudo tem apoio da Atados e da Social Good Brasil.


O objetivo da pesquisa é entender se as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) brasileiras sabem o que é a LGPD e já estão se preparando para cumpri-la, já que a nova lei entra em vigor em 2020.


Além disso, o estudo visa identificar quais os principais desafios das organizações para mudarem a forma como tratam dados, que incluem, por exemplo, nome e telefone de seus doadores.


A pesquisa consiste em um questionário online voltado para representantes de OSCs.


A Lei 13.709, que foi sancionada em agosto de 2018, “dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural”. A LGPD brasileira é parecida com a GDPR, válida em toda a União Europeia.


O prazo para responder a pesquisa vai até o dia 13 de dezembro, e o tempo médio para responder todo o questionário é de 4 minutos. Para participar, clique aqui.


Fonte: Observatório do Terceiro Setor


  • Ícone branco do Facebook
  • Ícone branco do Twitter
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube
  • Ícone branco do Instagram

Contate-nos

© Escola Aberta do Terceiro Setor | Todos os direitos reservados