A pandemia e o comportamento do doador brasileiro

Está no ar, na plataforma da Escola Aberta do Terceiro Setor, uma edição especial e resumida da apresentação da Pesquisa Doação Brasil 2020. Coordenada pelo Instituto de Desenvolvimento para o Investimento Social, IDIS, a pesquisa apresenta as principais informações sobre o avanço da cultura de doação no país.


A pesquisa, referência sobre o comportamento do doador individual brasileiro, mostrou, por exemplo, que por causa da pandemia do novo Coronavírus, o número de doações foi reduzido pelos brasileiros, mas o período levou as classes mais altas a bater recorde de engajamento. “Durante toda a pandemia, os brasileiros foram atingidos de forma particularmente dura o que motivou os que têm maior poder aquisitivo a doar mais”, afirma Marcos Calliari, CEO do Instituto de Pesquisas Ipsos no Brasil.


Os resultados da segunda edição da Pesquisa, revelam o impacto da longa crise econômica e da pandemia sobre a doação dos brasileiros e trazem dados importantes comparados com a primeira edição da Pesquisa Doação Brasil, divulgada em 2015. Também é apresentada a melhora da imagem das instituições do terceiro setor junto à sociedade civil.


Clique aqui e tenha acesso gratuito a essa apresentação, gentilmente cedida pelo IDIS para a Escola Aberta do Terceiro Setor, e saiba mais a respeito do assunto.